sexta-feira, 23 de março de 2012

PROJETO POLITICO PEDAGÓGICO

EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE.


PROJETO PEDAGÓGICO




“A educação é a arma mais forte que você pode usar para mudar o mundo.”(Nelson Mandela)


ANO-2012






PROJETO PEDAGÓGICO



“O projeto representa a oportunidade de a direção, a coordenação pedagógica, os professores e a comunidade, tomarem sua escola nas mãos, definir seu papel estratégico na educação das crianças e jovens, organizar suas ações, visando a atingir os objetivos que se propõem. É o ordenador, o norteador da vida escolar”: J. C. Libâneo

2012








SUMÁRIO



Apresentação do PPP --------------------------------------------------------------------

Visão Estratégica -------------------------------------------------------------------------

Metodologia, Finalidade, Atos Legais, Identificação, Alunos e comunidade------

Organização Administrativa e Técnica da Escola---------------------------------

Organização da Estrutura Física da Escola ----------------------------------------

Dados de Desempenho da Escola 2011, Caracterização da unidade escolar,
Horário de funcionamento da Escola-----------------------------------------------------

Programas que participa, Conselho escolares e de representação -----------------

Organização da vida escolar, duração dos cursos e carga horária, Critério de
Avaliação da aprendizagem ---------------------------------------------------------------------

Procedimentos de recuperação, critério de avaliação --------------------------------

Sistema de liberação do aluno com bom desempenho, Classificação e frequência do aluno ---------------------------------------------------------------------

Organização do tempo escolar------------------ -----------------------------------------

Projetos voltados diretamente para a Aprendizagem--------------------------------

Projetos desenvolvidos com apoio da comunidade local -----------------------------

Metas e Ações da Escola------------------------------------------------------------------

Conteúdos das disciplinas Português e Matemática da Creche ao 9º Ano----------

ANEXOS





ANO/2012








EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE


PROJETO PEDAGÓGICO
ANO: 2012



APRESENTAÇÃO



Este projeto pedagógico foi elaborado para expressar a posição da EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA acerca da missão, valores, princípios, objetivos, concepção de Educação, abordagem pedagógica adotada e suas implicações para a prática educativa.
Constituir-se em marco referencial para todos os agentes educacionais, bem como para os alunos, as famílias, a comunidade e os parceiros institucionais, sobre as ações pedagógicas desta entidade escolar e assim favorecer o alinhamento conceitual e metodológico para todos os atores envolvidos nessa missão.
Cabe a todos que contribuíram para a produção deste projeto procurar desenvolver um trabalho de aprimoramento gradual e contínuo, na busca da excelência pedagógica de suas ações educacionais, a “cultura da qualidade", e seu reconhecimento como uma instituição de referência na Educação e desenvolvimento da Cidadania.
Portanto, numa perspectiva dinâmica, este Projeto deve ser entendido como um referencial a ser permanentemente objeto de reflexão crítica e de ajustamentos, quando a realidade assim o indicar.











01
EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
ANO: 2012

VISÃO ESTRATÉGICA DA ESCOLA



1.NOSSOS VALORES:
•SERVIÇO DE QUALIDADE: prestamos ao nosso cliente um serviço de qualidade, favorecendo o crescimento pessoal e coletivo de cada um.
•CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO: trabalhamos a criatividade e a inovação, que proporcionam soluções e resultados nas atividades escolares.
•COMPROMISSO; realizamos o trabalho de forma comprometida, de modo que favoreça o crescimento de toda comunidade escolar.

1.NOSSA VISÃO DE FUTURO:
•Realizamos um ensino de qualidade, desenvolvendo nosso trabalho com compromisso e competência visando atender melhor nossa clientela.

2.NOSSA MISSÃO:
•Nossa escola tem por missão, oferecer um ensino de qualidade, que proporcione aos nossos clientes um alto grau de satisfação, que garanta a permanência do aluno na escola e combata a repetência e evasão através de um trabalho criativo e comprometido com o interesse da coletividade.

3.NOSSOS OBJETIVOS:

Objetivo Geral:
Formar cidadãos capazes de atuar com competência e dignidade na sociedade, além do compromisso de formar valores como: honestidade, solidariedade e cooperação.

Objetivos específicos:
•Melhorar as práticas pedagógicas da escola;
•Aumentar o índice geral de aprovação dos alunos;
•Fortalecer a integração dos pais e comunidade na escola;
•Realizar Atividades (cursos, palestras, etc.) visando uma aproximação maior entre a comunidade e a Escola.
•Desenvolver um trabalho mais atuante com a participação do Grêmio estudantil, líderes de sala e APM.








1-METODOLOGIA ADOTADA: A metodologia utilizada pela escola está fundamentada na idéia de que a aprendizagem é um processo de construção, numa ação interativa entre o saber elaborado na escola e aqueles que o aluno traz para ela, num processo contínuo, dinâmico e permanente, devendo promover a criatividade e a valorização do educando.
1. 1. FINALIDADE:
A EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA tem por finalidade oferecer serviços educacionais para crianças, adolescente, jovens e adultos, nos cursos de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos, de acordo com o disposto na LDB nº 9.394/96.

2.ATOS LEGAIS:
1-Lei de criação da escola: Lei nº 193/83
2-Parecer de Credenciamento: 1036/03, com validade: 11/12/2007 – Amparado na Resolução 423/2008
3-Registro da Diretora: 4.684
4-Registro da Secretária: 9922

3.IDENTIFICAÇÃO:
1-Nome da Unidade Escolar: Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Governador Gonzaga Mota.
2-Endereço: Rua Padre Cícero, S/N, Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – Ceará
3-Telefone: 088 XX 3545 – 30 81 (telefone público)
4-Localização: Zona Urbana
5-Entidade mantenedora: Prefeitura Municipal de Santana do Cariri-CE
5-Código da FIBIE: 220.315.430.000-247
6-Código do INEP: 231.686 – 41

4.ALUNOS E COMUNIDADE:
A clientela da EMEIEF. Governador Gonzaga Mota é na sua grande maioria
de “classe baixa” predominando famílias que sobrevivem da agricultura, tendo como principal fonte de renda o cultivo da mandioca e a fabricação de farinha.
O distrito de Dom Leme, onde está situada a escola, foi povoado em meados de 1903 e oficializado em 14/11/1985, sob a Lei nº 193/85. Em termo de estrutura urbana, conta com uma creche e uma escola municipal, um posto de saúde da família, uma agência dos correios, duas igrejas católicas, duas igrejas evangélicas, quatro casas de farinha, uma quadra de esporte, um campo de futebol, duas praças, um mercado público, eletrificação, principais ruas pavimentadas e água canalizada. O comercio é variado havendo uma quantidade adequada de estabelecimentos comerciais do tipo: mercantis, padarias, farmácia, lanchonetes, restaurantes, além de bares e botecos.
Apesar dessa estrutura básica, ainda apresenta carência de: espaço físico construído na escola, rede de esgoto, conjunto habitacional (popular), pavimentação das ruas periféricas e desenvolvimento de projetos geradores de emprego e renda, direcionados as famílias e a juventude.






5.ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E TÉCNICA DA ESCOLA:

5.1. NÚCLEO GESTOR:
a) DIREÇÃO: a direção da escola é um núcleo executivo que organiza, superintende, executa e administra junto à comunidade escolar todas as atividades desenvolvidas no âmbito da escola auxiliada pelos demais elementos do corpo técnico-administrativo do corpo de especialistas. Atende às leis, aos regulamentos e as determinações dos órgãos superiores do sistema de ensino e às decisões no âmbito da escola assumidas pela equipe escolar e pela comunidade.

DIRETORA: Nadja Rocha Oliveira.
FORMAÇÃO: ensino médio com magistério, graduada em pedagogia pela Universidade Regional do Cariri – URCA e pós –graduada em Planejamento Educacional pela Universidade UNIVERSO -Salgado Oliveira Rio de Janeiro e em Gestão Escolar pela Universidade Federal do Ceará- UFC (Cursando)

b) SECRETARIA ESCOLAR: cuida da documentação, da escrituração e da correspondência da escola, dos docentes e demais funcionários e dos alunos. Dedica-se também ao atendimento à comunidade. Para a realização desses serviços, a escola conta com uma secretária e uma auxiliar de secretaria.

SECRETÁRIA: Antonia Célia Simião Brilhante
FORMAÇÃO: habilitação em Ciências Físicas e Biológicas, formada pela Universidade Regional do Cariri – URCA, com especialização em Biologia Química, pela URCA - Universidade Regional do Cariri – CE e curso de secretaria.

c) COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: coordena, acompanha, assessora, apóia e avalia as atividades pedagógicas curriculares. Sua atribuição prioritária é prestar assistência pedagógico-didática aos professores e suas respectivas disciplinas, no que diz respeito ao trabalho interativo com os alunos como também o relacionamento com os pais e a comunidade.

COORD. PEDAGÓGICA – Educação Infantil/ Escolas Nucleadas: Maria Zilmá Feitosa:
FORMAÇÃO: Habilitação em Geografia pela Universidade Regional do Cariri –URCA e pós graduada em Planejamento educacional pela UNIVERSO Rio de Janeiro – RJ.
COORD. PEDAGÓGICA: (1º ao 2º ano) Maria Feitosa Brilhante habilitação em Ciências Físicas e Biológicas, pela Universidade Regional do Cariri – URCA, com especialização em Planejamento Educacional, pela Universidade - UNIVERSO Rio de Janeiro – RJ

COORD. PEDAGÓGICA (1º ao 5º Ano): Francisca Gizelda Freire da Cruz.
FORMAÇÃO: ensino médio com magistério, habilitação em Ciências da Natureza Matemática e outras Tecnologias, formada pela Universidade Federal do Ceará – UECE, com especialização em educação ambiental pela Universidade Estadual do Cariri- URCA – CE


04 COORD. PEDAGÓGICA por área (6º ao 9º ano )
COORD. PEDAGÓGICA : Francisca Araújo
FORMAÇÃO: habilitação em Letras pela Universidade Regional do Cariri URCA, especialização em Ensino de língua Portuguesa pela Universidade Regional do Cariri URCA.
..
COORD. PEDAGÓGICA: Maria Luciene Soares.
FORMAÇÃO: ensino médio com magistério, habilitação Língua portuguesa formada pela universidade vale do Acaraú – UVA e pós –graduada em língua portuguesa Arte e Educação pela Universidade Regional do Cariri- URCA e em Gestão Escolar pela Universidade Integrada de Patos- FIP.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA: Orienta e auxilia a coordenação pedagógica nos trabalhos desenvolvidos na escola para melhoria da aprendizagem dos alunos. Interage com a comunidade, pais e alunos.


5.2. CORPO TÉCNICO E DE SERVIÇOS.
(segue em anexo)

5.3. CORPO DOCENTE
(segue relação em anexo)

5.4. ORGANOGRAMA.
(segue em anexo)

6.ORGANIZAÇÃO DA ESTRUTURA FÍSICA DA ESCOLA:
DESCRIÇÃO QUANTIDADE DE SALAS PRÓPRIAS QUANTIDADE DE SALAS ALUGADAS
SALAS DE AULA 07 11
LABORATORIO DE INFORMÁTICA 01
BIBLIOTECA 01 -
BRINQUEDOTECA/SALA DE MULTMEIOS 01 -
SALA P/ NECESSIDADES ESPECIAIS
SECRETARIA 01 -
COORD. PEDAGÓGICA/DIRETORIA 01 -
CANTINA 01 -
DEPÓSITO DA MERENDA - 01
ALMOXARIFADO - 01
BANHEIRO P/ ALUNOS 4 -
BANHEIRO P/ FUNCIONÁRIOS 02 -
ÁREA COBERTA P/RECREIO 03 -







1.NÚMERO DE ALUNOS MATRICULADOS- CONSIDERANDO AS ESCOLAS NUCLEADAS- ATÉ 01 DE MARÇO /2012:
MODALIDADE MATRÍCULA
EDUCAÇÃO INFANTIL 171
1º ao 5º Ano 371
6º ao 9º Ano 279
ED. DE JOVENS E ADULTOS 55
TOTAL GERAL 876

2.DADOS DE DESEMPENHO DA ESCOLA NO ANO ANTERIOR (2011):

MADALIDADE/
SÉRIE APROVAÇÃO REPROVAÇÃO ABANDONO DISTORÇÃO
IDADE/SÉRIE
1º ao 5º Ano 89% 11% 0%
6º ao 9º Ano 91% 09% 02%
Aceleração 11 07 ---
EJA 73% 0% 27% ---

3.CARACTERIZAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR:
A EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA foi inaugurada em 18 de maio de 1985, sob Lei nº 193/83.
O nome da escola foi uma homenagem ao então governador da época: Luiz de Gonzaga Fonseca Mota. Quando inaugurada sua estrutura física contava com duas salas de aluna, secretaria, cantina, dois banheiros e área coberta para recreio. Foi ampliada em 1987 com mais duas salas de aula, em 2002 com quatro salas de aula, uma sala para coordenação pedagógica, dois banheiros para alunos, dois banheiros para funcionário e área coberta para recreio.
No ano de 2006, foi beneficiada com recursos do PRODEM, onde receberam duas salas de aula, sala de diretoria/secretaria ampliada e um banheiro para funcionário, perfazendo atualmente um total de dez salas de aula, sendo que apenas sete salas estão disponíveis para aulas as demais com outras funções.
Infelizmente o espaço físico construído ainda não comporta a demanda de alunos, tendo a escola que recorrer ao aluguel de dez salões da comunidade para então acolher sua clientela.
Este é um ponto crítico para o trabalho da escola, considerando que estes salões são um tanto quanto inadequados, com pouca iluminação, pouco arejados e uma deficiente acústica, fatores que interferem diretamente no desempenho da aprendizagem.
Nossa escola busca estruturar o seu PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO com as questões sociais, buscando promover o desenvolvimento de valores éticos próprios de uma sociedade em transformação, estes valores estão em consonância com as metas da educação brasileira, expressos na LDB.

11. TURNOS DE FUNCIONAMENTO/HORÁRIO DA ESCOLA:
MANHÃ: 07:00 às 11:00
TARDE: 13:00 às 17:00
ENSINO MÉDIO (ANEXO)E EJA I -SEGMENTO 18:15 às 21:20




12. PROGRAMAS QUE PARTICIPA:
•Programa da Merenda Escolar
•Programa Nacional do Livro Didático
•PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola
•PDE – Plano de Desenvolvimento da Escola
•Programa Bolsa Família
•PAPE – Programa de Adaptação do Prédio Escolar
•PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil
•Programa Nacional da Biblioteca Escolar
•PAIC – Programa Alfabetização na Idade Certa (Letra mundo, Lendo você fica sabendo)
•PETECA – programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente.
•PSE- Programa Saúde e Educação
•Mais Educação

13. CONSELHOS ESCOLARES E DE REPRESENTAÇÃO:
13.1. ASSOCIAÇÃO DE PAIS E MESTRES:
A nossa escola conta com a APM – SEMENTE DO FUTURO, composta na sua maioria por pais de alunos, além de representantes de professores, funcionários e alunos.
(segue em anexo a relação da composição da diretoria da APM)

13.2. LÍDERES DE SALA: São atribuições dos líderes de sala:
Zelar pelo bom relacionamento da turma e representá-la junto às autoridades escolares, servir de intermediário entre a sua turma e os diversos órgãos e serviços da escola, a administração e os professores, no que diz respeito aos seus direitos e deveres; promover junto a outras associações escolares a eleição do Grêmio Estudantil; ser um articulador entre os colegas e as demais associações escolares, reivindicando, informando e orientando. Os líderes são escolhidos através de votos da classe, professores e núcleo gestor.
(segue em anexo relação dos líderes de sala)

13.3. GRÊMIO ESTUDANTIL: São atribuições do Grêmio Estudantil:
Representar o corpo discente da escola em situações diversas, dentro do âmbito escolar, defender e lutar pelos direitos e deveres dos alunos, primarem pelo desenvolvimento de uma educação de qualidade que proporcione a formação integral do cidadão, estimular e promover atividades culturais e esportivas envolvendo o alunado com o objetivo de valorizar a cultura e descobrir talentos, favorecer o envolvimento e a integração dos alunos novatos, estabelecerem intercâmbio com outros Grêmios, buscando aquisição de novas experiências e a integração entre as escolas. Para melhor atuação serão realizadas reuniões mensais entre Grêmio e líderes de sala com participação do núcleo gestor.
(segue em anexo relação da composição da diretoria do Grêmio)
13.4.COM-VIDA: é uma forma de organização na escola e se baseia na participação de estudantes, professores, funcionários, diretores e comunidade. O principal papel da COM-VIDA é contribuir para um dia-a-dia participativo, democrático, animado e saudável na escola, promovendo o intercâmbio entre escola e comunidade. Por isso, a COM-VIDA chega para somar esforços com outras organizações da escola, como Grêmio e APM, trazendo a EDUCAÇÃO AMBIENTAL para todas as disciplinas.
13.5.PSE-



14. ORGANIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR
CURSO IDADE DE INGRESSO
CRECHE I 01 (um) ano e oito meses
CRECHE II 02 (dois) anos
INFANTIL I 04 (quatro) anos
INFANTIL II 05 (cinco) anos
1º ANO ENS. FUNDAMENTAL 06 (seis) anos
EJA 15 (quinze) anos

15. DURAÇÃO DOS CURSOS E CARGA HORÁRIA
Nos termos da LDB 9.394/96 os cursos de Educação Infantil e Ensino Fundamental terão a seguinte carga horária:
EDUCAÇÃO INFANTIL: 200(duzentos) dias letivos no ano civil.
ENSINO FUNDAMENTAL: Mínimo de 800 (oitocentas) hora letivas, em 200 (duzentos) dias letivos de efetivo trabalho escolar no ano civil. Não incluindo reuniões pedagógicas, com aula de 45 (quarenta e cinco) minutos cada.


16. CALENDÁRIO ESCOLAR: (segue em anexo)

17. GRADE CURRICULAR. (segue em anexo)

18. ORGANIZAÇÃO DAS TURMAS:
O critério de agrupamento de alunos é feito segundo faixa etária, em todos os níveis, relacionando os alunos por ordem numérica e alfabética do pré-nome.
Embora o critério básico adotado quantos seja o de homogeneidade de idades, serão atendidas as exigências quanto às diferenças individuais. Haverá momentos no desenvolvimento das atividades, em que o agrupamento permitirá o relacionamento de crianças com idades e desenvolvimento diferente, possibilitando a interação.

19. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Todo trabalho realizado com o aluno voltado para a aprendizagem, é em potencial um instrumento de avaliação. São realizadas provas bimestrais, trabalhos de pesquisa, trabalhos em equipes, atividades diárias (individuais e em grupo) e seminários. São realizados testes de leitura e escrita pela Coordenação Pedagógica sendo notificados em relatórios.
Ao término do ano letivo, é extraída a Média Anual Final do aluno, em cada componente curricular, que será resultante da média aritmética das notas de cada período letivo.
Será considerado promovido, no final do ano letivo, o aluno que obtiver Média Anual Final igual ou superior a 06 (seis) em todas as disciplinas, e freqüência anual, igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) em cada componente curricular.












20. RECUPERAÇÃO:
Os estudos de recuperação são realizados regularmente, no decorrer dos períodos letivos, através de atividades suplementares, orientadas pelos professores da classe com programação combinada entre professores e núcleo gestor.

20.1. PROCEDIMENTOS DE RECUPERAÇÃO:
a) Contínua e paralela: realizada ao longo do ano letivo, sanando as dificuldades dos alunos no momento em que forem detectadas.
b) Recuperação bimestral: ao final de cada bimestre os alunos que ficarem com nota abaixo da média, participarão de uma recuperação para revisar os conteúdos dados naquele período. Havendo quatro recuperações durante o ano. A metodologia pode ser através de seminários, trabalhos em grupo e individuais, aulas expositivas e práticas. O tempo é de no mínimo uma semana.

1ª etapa de recuperação: Mês de Abril
2ª etapa de recuperação: Mês de Junho
3ª etapa de recuperação: Mês de Outubro
4ª etapa de recuperação: Mês de Dezembro

São notificados bimestralmente nos instrumentais de acompanhamento do PAIC, o rendimento da aprendizagem do aluno de 1º e 2º Ano, como também são registrados em relatórios pela coordenação pedagógica, os avanços e dificuldades dos alunos do Infantil ao 9º Ano. Os resultados são analisados pela coordenação e direção e mostrados aos professores para que de forma coletiva busquem estratégias e façam as intervenções necessárias.
Será realizada no final de cada semestre uma oficina na semana de recuperação paralela, tendo como objetivo valorizar os alunos que apresentaram bom desempenho durante os dois primeiros períodos letivos e os dois últimos períodos.
Esta estratégia consiste em: liberar mais cedo aqueles alunos que tiveram bons resultados em todos os critérios de avaliação propostos durante os quatro períodos conforme descrito em quadro abaixo.
Com essa medida, pretende-se também dedicar esforços para proporcionar o melhor acompanhamento dos alunos com baixo desempenho nas disciplinas críticas- POTUGUÊS E MATEMÁTICA, haja vista, o número de alunos ficará menor em sala de aula, favorecendo o trabalho do professor no acompanhamento individual, conforme as necessidades de cada aluno.

20.2. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO (com acompanhamento durante o semestre):
•Desempenho do aluno em Leitura, Escrita e Compreensão conforme avaliação do professor e relatório de acompanhamento da coordenação pedagógico;
•Nota em Português e Matemática (avaliações bimestrais);
•Número de faltas do aluno;

Com base nestes critérios a Coordenação Pedagógica da escola preencherá Relatório Final com resultados do processo que será assinado pelas seguintes pessoas: Coordenadora, professora do aluno e Diretora.






20. 3. SISTEMA DE LIBERAÇÃO DOS ALUNOS COM BOM DESEMPENHO


SÉRIES A SEREM LIBERADAS DATA DA LIBERAÇÃO
•1º 2º e 3º Ano: conforme diretrizes do Programa PAIC e Conforme calendário
•4º e 5º Ano Conforme calendário
•De 6º ao 9º Ano Conforme calendário

ATIVIDADES EXTRAS PARA OS ALUNOS QUE SERÃO LIBERADOS:

•Aplicação de “Tarefão” de Matemática para ser resolvido em casa e apresentado quando o aluno retornar, onde será feito a correção coletiva.
•Indicação de Livros de Literatura para o aluno ler e responder uma ficha de leitura para entregar ao professor.
•Todas estas atividades deverão ser apresentadas e corrigidas pelos professores das disciplinas correspondentes na data definida;
•Os alunos farão trabalhos de pesquisa para entregar ao professor nas disciplinas de História, Geografia e Ciências.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Os alunos que ficarem para o Reforço de Aprendizagem, terão um relatório descritivo de seus avanços, onde será analisado criteriosamente, o desempenho durante o semestre e após as Oficinas de Reforço, gerando assim subsidio para uma avaliação mais qualitativa da aprendizagem do aluno.

20. 2. CLASSIFICAÇÃO:
Classificar significa matricular o aluno na série adequada ao seu grau de desenvolvimento e conhecimento, levando em conta a faixa etária. A classificação em uma série especifica, exceto a primeira do ensino fundamental, será feita para alunos da própria escola, com aproveitamento ou não, para alunos vindos por transferência de outra escola. A classificação sem documentação escolar anterior será realizada da seguinte maneira:
Inicialmente, o responsável pelo aluno deverá indicar a série que pretende a matrícula, através de requerimento encaminhado ao Diretor (a) e Coordenador pedagógico da escola, observando a correlação com a idade. Serão aplicadas provas de Língua Portuguesa com produção textual e Matemática.
O aluno será avaliado por uma comissão de no mínimo dois professores (nas áreas específicas), o Coordenador (a) Pedagógico (a) Diretor (a), para verificar o nível de aprendizagem do aluno.

20.3. FREQUÊNCIA DOS ALUNOS:
É obrigatória a freqüência às aulas previstas no calendário escolar anual, com necessidade do mínimo de assiduidade correspondente a 75% (setenta e cinco por cento) do total de aulas dadas, nos termos da LDB 9.394/96.
As faltas às atividades escolares serão abonadas, quando informadas e justificadas pelos pais e mediante atestado médico.



21. ORGANIZAÇÃO DO TEMPO ESCOLAR:
- JANEIRO: São realizadas matrículas e organizações administrativas na secretaria da escola. Núcleo Gestor direção e coordenação pedagógica elaboram e planejam todas as atividades a serem desenvolvidas na semana pedagógica e início das aulas. São discutidas e planejadas de forma coletiva, ações e projetos a serem trabalhados durante o ano letivo. O coordenador juntamente com o professor analisa os relatórios dos alunos do ano anterior e planejam a semana diagnóstica do ano em curso. Durante todo o ano são realizadas quatro reuniões de pais para repasse de informações e andamento dos trabalhos da escola onde são entregue as avaliações dos alunos. De acordo com a necessidade de cada turma ou séries, são convocados pais, alunos, professores, coordenador e diretor para reuniões menores com a finalidade de tratar de assuntos específicos.

- FEVEREIRO: Início das aulas com a semana diagnóstica onde o professor faz observações, sondagem do nível de aprendizagem do aluno trabalhando os conhecimentos básicos nas disciplinas de Português e Matemática. São feitos relatórios dos níveis das turmas e apresentados a direção e coordenação para serem arquivados, servindo também de base para o planejamento das aulas e organização dos conteúdos.

- MARÇO: Realização de visitas nas salas de aulas pela direção e coordenação pedagógica onde são preenchidos pela coordenação os relatórios de acompanhamento do trabalho do professor. São elaborados calendários de aulas na biblioteca, uma aula mensal por turma, da Creche ao 9º Ano e EJA. A Creche e Educação Infantil participam da sala de multimeios (brinquedoteca) uma vez por semana. Os instrumentais do programa PAIC são organizados para serem aplicados bimestralmente nas turmas de 1º e 2º Ano. Os professores recebem orientações para preenchimento das fichas de acompanhamento individual do aluno da Creche e Ed. Infantil.

- ABRIL: A Coordenação Pedagógica realiza testes de leitura e escrita no Fundamental I e II faz a análise do teste escrito. O professor preenche as fichas de acompanhamento da Creche e Ed. infantil. Período de realização das avaliações bimestrais e recuperação paralela logo que, professor e coordenador analisam e fecham as médias dos alunos.

- MAIO: Os resultados dos testes são condensados para preenchimento dos relatórios de cada turma com o resultado do aluno no primeiro período. Quando detectado grande deficiência na aprendizagem são tomadas medidas como aplicação de reforço num sistema de rodízio entre professores e alunos para sanar as dificuldades. Aplicação e correção das provas da OBA- Olimpíada Brasileira de Astronomia nível I, II, II para os alunos do 1º ao 9º Ano.

- JUNHO: Realização dos testes de leitura e escrita pela Coordenação Pedagógica, avaliações bimestrais e recuperação paralela. Os testes e avaliações são analisados pelo professor e coordenador para obtenção da nota final do aluno fechando o primeiro semestre.

- JULHO: Férias






- AGOSTO: Reinício das aulas com planejamento e preparação para receber o aluno para o segundo semestre. Visita da Coordenação Pedagógica nas salas de aulas para acompanhamento das atividades do professor e assim preencher o relatório para ser analisado pelo Diretor/Coordenador/Professor para que possa ser feitas as intervenções.

- SETEMBRO: Realização dos testes de leitura e escrita pela Coordenação Pedagógica, análise juntamente com o professor e aplicação das avaliações do terceiro período.

- OUTUBRO: No início do mês recuperação paralela para todos os alunos que não obtiveram a média 6,0.

- NOVEMBRO: Visita da Coordenação Pedagógica nas salas de aulas para acompanhamento das atividades do professor e assim preencher o relatório para ser analisado pelo Diretor/Coordenador/Professor para que possa ser feitas as intervenções. Aplicação do teste de leitura e escrita com objetivo de analisar o nível da aprendizagem do aluno.

- DEZEMBRO: Aplicação da oficina de reforço , avaliação do 4º período e recuperação paralela. Elaboração de notas e preenchimento dos relatórios finais com resultado do aluno. Encerramento do ano letivo.

OBS: Durante o ano letivo são trabalhadas as datas comemorativas de acordo com o calendário escolar, projetos e atividades da escola envolvendo o aluno e comunidade escolar.

21.1. PROJETOS ESCOLARES VOLTADOS DIRETAMENTE PARA A APRENDIZAGEM:
Os projetos elaborados na escola envolvem toda comunidade escolar, pais e comunidade local. Alguns especificamente voltados mais para a aprendizagem do aluno com ações diretas para serem trabalhadas em sala de aula onde são acompanhados pela direção e coordenação pedagógica com atividades complementares sugeridas nos planejamentos e coletivos, como também análise das ações. Entre estes projetos temos:

1- AFETIVIDADE PARA A VIDA: Despertar em toda comunidade escolar a consciência da valorização de conceitos éticos e valores fundamentais a percepção do outro e a importância da existência de regras de convívio para melhorar as atitudes na vida social e assim desenvolver uma relação de ensino e aprendizagem por um ângulo mais sensível e mais humano.
2- LEIA E DESCUBRA O MUNDO: Desenvolver nos alunos a capacidade de fazer referencia entre as palavras, frases, textos e as propriedades destes, levá-los a associar formas e sentidos, como também despertar o prazer pela leitura e produção em especial de gêneros textuais, jornais, revistas, panfletos e cartazes.


3- PROJETO EXCURSÕES CULTURAIS: Conhecer diversos aspectos do ambiente em que vivemos (fauna, flora) e conscientizar sobre a importância de sua preservação aprimorando conteúdos desenvolvidos em sala de aula, concretizando conhecimentos já adquiridos podendo conhecer a diversidade do patrimônio cultural da região e reconhecer a sua importância na constituição da identidade brasileira.

4- DENGUE, ESTA SE COMBATE TODO DIA: Conhecer a dengue (sintoma, profilaxia e tratamento) e seu transmissor, o AEDES AEGYPTI, assim podendo relacionar a doença com maus hábitos da população, como armazenamento inadequado do lixo, sobre tudo embalagens de difícil decomposição, como plástico ou vidro. Fazer uso das linguagens: científicas, lúdicas e artísticas para representar conhecimentos, analisar e relacionar informações de diferentes fontes (jornais, revistas, livros e aula expositiva), para debater, dramatizar, apresentar tele-jornal, conceber jogos, produzir textos, paródias, etc.;

5- MEIO AMBIENTE (SOS Reciclar é preciso): Despertar a consciência a respeito do meio ambiente e importância de sua preservação para sobrevivência de toda espécie de ser vivo, assim como a necessidade do reduzir, reutilizar e reciclar o lixo;

6- MUSICA- Promover a partir da música, a integração das crianças, dando-lhes oportunidades de expressar sensações, sentimentos e pensamentos, ampliando assim seu conhecimento de mundo.
7- Recreio Orientado- Proporcionar aos alunos a convivência com brincadeiras organizadas,através de um sistema de monitoria e orientação para a realização de atividades durante o recreio.

PTA- PROJETOS PERMANENTES
AÇÃO OBJETIVO PERIODO RESPONSAVÉL
AFETIVIDADE Despertar em toda comunidade escolar a consciência da valorização de conceitos éticos e valores fundamentais a percepção do outro. Ano letivo Professores e núcleo gestor
LEIA E DESCUBRA O MUNDO Promover a leitura,desenvolvendo estratégias que suscitem na comunidade escolar o hábito e o prazer de ler. Permanente Comunidade escolar
EXCURSSOES CULTURAIS Conhecer diversos aspectos do ambiente em que vivemos (fauna, flora) e conscientizar sobre a importância de sua preservação aprimorando conteúdos desenvolvidos em sala de aula. Ano letivo-( de acordo com a necessidade da turma) por turmas. Professores e alunos.
DENGUE
Música Promover a partir da música, a integração das crianças, dando-lhes oportunidades de expressar sensações, sentimentos e pensamentos, ampliando assim seu conhecimento de mundo
Meio Ambiente Despertar a consciência a respeito do meio ambiente e importância de sua preservação para sobrevivência de toda espécie de ser vivo, assim como a necessidade do reduzir, reutilizar e reciclar o lixo
Recreio Orientado Proporcionar aos alunos a convivência com brincadeiras organizadas,através de um sistema de monitoria. Ano letivo professores

21.2. PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA COM APÓIO DA COMUNIDADE LOCAL:
1- VIA SACRA: O objetivo é enfocar e fortalecer a dignidade cristã através da encenação do martírio de Cristo onde possa propiciar condições ao educando de vivenciar a plenitude do relacionamento com Deus, com os semelhantes e com o mundo informando-se sobre as características gerais da Paixão de Cristo para que possa promover o envolvimento da família e da comunidade nas atividades da escola e desenvolver com os participantes suas habilidades artísticas, por meio de dramatização valorizando a cultura e religiosidade da comunidade.
•Culminância do projeto: Semana Santa.

2- FESTEJO E QUERMESSE JUNINA: Proporcionar a sociabilidade e a interação da comunidade escolar, bem como favorecer a aprendizagem através de atividades de leitura e escrita, pesquisas, artes e cultura popular envolvendo os festejos juninos, dando ênfase às festividades do Padroeiro do Distrito: SANTO ANTONIO.


•Culminância do projeto: Última Semana do mês de junho.

3- CIART: Tem como objetivo abrir portas da curiosidade e interesse do aluno, da criatividade e da mobilização do professor, da vida e do sentido social da escola. Ao optar por uma pesquisa, é favorecido ao aluno o “fazer ciência” onde os resultados serão os de novas aprendizagens para alunos, professores escola e comunidade.
•Culminância do projeto: Mês de outubro.

21. METAS E AÇÕES DA ESCOLA:

META 01. DIMINUIR O ÍNDICE DE BAIXO DESEMPENHO, MELHORANDO A APRENDIZAGEM EM TODOS OS NÍVEIS.
- RESPONSÁVEIS: Professores, auxiliares de apoio bibliotecária e Núcleo Gestor.
1.Preparações dos docentes através de encontros pedagógicos mensais, com dinâmicas, troca de experiências, estudos e debates, além de estimulá-los no trabalho coletivo.
PERÍODO DE REALIZAÇÕA: Durante o ano letivo no planejamento mensal.

2.Realização de projetos pedagógicos, abordando temas e disciplinas diversas, com o intuito de melhorar a aprendizagem dos alunos.
PERÍODO DE REALIZAÇÕA: Durante o ano letivo.

3.Fornecimento ao professor de sugestões de atividades, textos variados, dinâmicas, jogos pedagógicos, favorecendo o seu trabalho em sala, de modo que o mesmo construa caminhos adequados e prazerosos para a concretização do processo ensino aprendizagem, em uma pedagogia centrada na dificuldade do aluno.
PERÍODO DE RELIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

4.Promoção de encontros para troca de experiências dos professores favorecendo o trabalho em equipe buscando o funcionamento integral da escola.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo no planejamento mensal.

5.Utilização da biblioteca para o estímulo da leitura prática de pesquisa e avanço da aprendizagem.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo, semanalmente de acordo com o calendário de atendimento.

6.Realização de palestra dirigida aos alunos, pais e professores com temas variados, proporcionando o desenvolvimento de conhecimentos gerais.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo bimestralmente.

7.Realização da CIART – Feira de Ciências e Arte, incentivando a experiência científica e a arte de maneira geral.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o mês de outubro.

8.Utilização da sala de multimeios para melhorar a aprendizagem e desenvolver atividades práticas com os alunos.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo, semanalmente.



9.seleção de alunos voluntários para ministrarem aulas de reforço a alunos com deficiência na aprendizagem em contra turno.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo, após avaliações periódicas.

META 02 – DIMINUIR O ÍNDICE DE EVASÃO.
- RESPONSÁVEIS: Professores, Núcleo Gestor e famílias.

1.Manutenção do controle de faltas do aluno, a fim de evitar a evasão.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo, diariamente.

2.Envio de CARTA DE RESGATE aos alunos evadidos e visitas (na sua maioria da EJA) com o objetivo de despertá-lo para a importância do estudo para a vida.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo mensalmente.

3.Emissão de convite aos pais e alunos evadidos para participarem de encontros com professores e núcleo gestor, onde serão analisados os motivos da evasão, e traçadas possibilidades de retorno às aulas.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo, mensalmente.

META 03 – DIMINUIR O ÍNDICE DE DISTORÇÃO IDADE-SÉRIE.
RESPONSÁVEIS: Professores e Núcleo Gestor.

1.Implantação de turmas de EJA (1º e 2º ano e 6º ao 9º ano).
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

2.Promoção da auto-estima dos alunos da EJA, através de atividades diversificadas e dinâmicas tais como: teatro, sessões especiais de vídeos, recitais, sarau de músicas, sarau literário, palestra e outras atividades com participação do Núcleo Gestor e profissionais.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

META 04 – APRESENTAR AOS DOCENTES E DICENTES AS NORMAS REGIMENTARES E DISCIPLINARES.
RESPONSÁVEIS: Professores e Núcleo Gestor.

1.Favorecimento aos professores do conhecimento do Regimento Escolar, através de estudos do mesmo.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Semana pedagógica e durante o ano letivo.

2.Apresentação de sugestões para os professores trabalharem em sala os conteúdos do regimento, nas diversas áreas de ensino.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

3.Afixar nas salas de aulas normas disciplinares e regimento escolar.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.







META 05 – PREPARAR O ALUNO PARA A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO E PARA A PRÁTICA DA CIDADANIA.
RESPONSÁVEIS: Professores e Núcleo Gestor.

1.Realização da escolha de Líderes de Sala.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

2.Promoção da eleição do Grêmio Estudantil.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 1º de setembro 2010.

3.Promoção de reuniões bimestrais sobre as funções dos líderes de sala e Grêmio Estudantil conscientizando-os dos direitos e deveres como agentes comprometidos com os trabalhos realizados na escola e comunidade.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo bimestralmente.

4.Preparação de alunos para monitorar atividades realizadas na escola seja em esporte, arte ou ensino-aprendizagem.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

META 06 – DESENVOLVER AS HABILIDADES DO EDUCANDO NOS ASPECTOS: SOCIAL, CULTURAL E ARTÍSTICO.
RESPONSÁVEIS: Professores e Núcleo Gestor.

1.Realização de palestras informativas, a fim de melhorar os conhecimentos gerais do aluno.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo dependendo da necessidade.

2.Realização da CIART – Feira de Ciências e Arte, incentivando a experiência científica e a arte.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Mês de outubro.

3.Apresentação de teatros ao ar livre da paixão de Cristo, envolvendo escola e comunidade (projeto: Via-Sacra).
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Mês de março.

4.Vivência prática das datas comemorativas de cada mês, através de apresentações artísticas, recitais, palestras, danças, oficinas de trabalhos manuais, seminários e outros.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

5.Promoção de excursões de estudos a museus, pontos turísticos, Floresta nacional do Araripe e outros locais, conforme as possibilidades da escola e dos alunos.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.










META 07 – TRABALHAR EM PARCERIA COM A FAMÍLIA, BUSCANDO A PROMOÇÃO DE TODA A COMUNIDADE ESCOLAR.

1.Promoção de reuniões bimestrais e extraordinárias (conforme necessidade) com os pais a fim de partilhar a vida da escola e minimizar problemas de disciplina, evasão e baixo desempenho.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Durante o ano letivo.

2.Realização de atividade cultural e informativa para família e comunidade, tais como: palestra, oficinas, seminários, encontros e outros.

3.PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Semestralmente.

META 08- Realizar a integração entre escola e saúde, possibilitando assim, a melhoria na qualidade de vida dos estudantes e conseqüentemente um melhor desempenho escolar.





Nº AÇÃO ESTRATÉGIA
(COMO) LOCAL
(ONDE) PERIODO
(QUANDO) RESPONSAVEIS
01 Avaliação clinica e psicossocial Preenchimento da ficha Escola Agosto /
Setembro Gestores e professores da escola
02 Avaliação do calendário vacinal de crianças de 02 a 07 anos Solicitar o cartão de vacinas aos pais no período estabelecido Unidade de saúde e escola Março /
Setembro ACS e auxiliar de enfermagem
03 Avaliação da saúde bucal dos alunos e realizar intervenções que sejam necessárias Preenchimento da ficha de avaliação de 04 alunos por dia durante o horário de funcionamento do PSF definir o grupo por faixa etária e encaminhar p/o PSF Unidade de saúde


Escola
Março
Dezembro Gerliane e Dra Nicole

ACD+ professores
04 Avaliação nutricional dos alunos de 02 a 08 anos Avaliação peso p/ idade altura / idade cálculo e avaliação do IMC Escola e PSF março Ac5, Penha, Iraneide, e enfermeira patrícia
05 Avaliação médica oftalmológica Preenchimento da ficha de avaliação dos alunos e utilização pelo médico, do material do projeto olhar Brasil Unidade de escola

Unidade de saúde Outubro Professores

DR. Marcos
06 Identificar os alunos com suspeita de alterações auditivas e encaminhá-los para o atendimento Verificação e identificação de deficiências auditivas para encaminhamento ao médico da equipe e do médico da equipe para um especialista Sala de aula Outubro
Novembro Professores


COMPONENTE 02- PROMOÇÃO DA SAÚDE E PREVENÇÃO

Nº AÇÃO
(O QUE) ESTRATÉGIA
(COMO) LOCAL
(ONDE) PERIODO RESPONSAVEIS
01 Prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas Roda de conversas Sala de aula Março Ac5 Rose Mary
02 Palestras educativa sobre técnica de escovação Orientação da técnica da escovação para grupos de alunos Escola Março Dra Nicole
03 Ação educativa com os pais dos alunos de creche sobre a importância da saúde bucal Orientações e recursos áudio- visuais Escola novembro Dra Nicole
04 Desenvolver políticas de alimentação saudável utilizando a cultura da região Levar ao conhecimento dos alunos 05/ 10 passos da alimentação saudável Escola Ano letivo GTL / ESF
Nutricionista
05 Colocar alguma estratégia c/ professores de ED. física Escola Março/
Outubro Professor de educação física








21. CONTEÚDOS DAS DISCIPLINAS DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA DA CRECHE AO 9º ANO

•PORTUGUÊS
MATEMÁTICA
Ed. Infantil:
•Fundamentos:
- Familiaridades com livros (capa, início, fim e etc.) e ilustrações diversas;
Consciência fonológica;
•Pré - requisitos;
- Consciência fonêmica e princípio alfabético;
•Identifica e escreve parcialmente o nome próprio;
•Identifica a primeira letra de palavras simples;
•Ouve com atenção para compreende o sentido do texto;
•Reconhece e escreve o alfabeto maiúsculo e minúsculo;
•Identifica sílabas simples;
•Desenvolve a expressão a oral e socialização;
Comandos (esquerdo/direito);
Cores;
Formas geométricas;
Jogos, atividades lúdicas e desafios matemáticos com material concreto, gravuras e outros;
Raciocínio lógico;
Capacidade de situar cronologicamente os fatos no espaço/tempo;
Leitura de números (unidades);





1º Ano:
•Linguagem oral:
- Leitura de textos diversos (verbal e não verbal) com diferentes estratégias- antecipação, dedução, inferência, verificação;
- Distinção entre letras e outras formas gráficas;
- Direção da escrita e espaço entra palavras;
- Identificar diferentes formas de grafar uma mesma letra;
- Escrita do nome próprio;
- Realizar produções com ilustrações;
- Escrever e ler palavras e frases simples;
- Desenvolver a expressão oral e socialização.
Números e operações:
- História dos nossos números;
- Números em situações cotidianas;
- Situações problemas envolvendo contagens e medidas;
- Espaço e formas;
- Dados de listas e gráficos simples;
- Jogos e desafios matemáticos envolvendo as quatro operações.
2º Ano:
•Ler com fluência textos simples;
•Identificar informações no texto de linguagem verbal e não verbal;
- Localizar e inferir informações no texto de diferentes gêneros;
- Formular hipóteses e interpretar dados;
- Identificar o propósito de textos de diferentes gêneros;
- Reconhecer diferentes formas de tratar uma informação no texto e emitir opinião;
- Desenvolver a expressão oral;
• Reconhecer e escrever o nome próprio;
•Escrever textos com ideias claras e sentido lógico;
•Escrever com segmentação e estrutura frases e textos usando a pontuação.
 Números e operações:
- Leitura de números (unidade, dezena e centena);
- Utilização de números com situações vivenciadas;
- Operações simples com adição, subtração, multiplicação e divisão;
Espaço e forma;
- Figuras e sólidos geométricos;
Grandezas e medidas;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);

3º Ano:
•Ler com fluência textos de gêneros diferentes;
•Compreender o sentido e finalidade de frases e textos simples;
•Compreender o sentido e emprego da linguagem;
•Identificar informação do texto verbal/ e não verbal;
•Desenvolver a produção textual coletiva e individual com sentido fiel ao tema;
•Produzir texto observando sua estrutura (parágrafo, letra maiúscula, margens);
•Utilizar bem a ortografia;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números e operações:
- Sistema de numeração decimal até 1.000;
- Operação com números naturais envolvendo soma, subtração, multiplicação e divisão;
- Espaço e formas;
- Medidas;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);

4º Ano:
•Ler com fluência e reconhecer textos de diferentes gêneros;
•Localizar informações no texto e desenvolver a expressão oral;
•Reconhecer o sentido das palavras ou expressões empregadas no texto;
•Produzir textos com pontuação clareza e estrutura relacionada ao gênero;
•Utilizar bem a grafia das palavras;
•Ampliar o vocabulário.
Números e operações:
- Sistema de numeração decimal;
- Parcelas e reagrupamento da adição e subtração;
- Operação inversa;
- Espaço e forma;
- Grandezas e medidas;
- Tabelas e gráficos;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);

5º Ano:
•Quanto à informação do texto verbal e não verbal:
- Ler com fluência;
- Localizar informação explicita;
- Inferir informação ou sentido da palavra ou expressão no texto;
•Quanto aos gêneros associados às discursivas básicas:
- Identificar o objetivo do texto;
- Reconhecer os elementos que compõe uma narrativa;
•Reconhecer as relações entre partes de um texto e sentido das relações lógicas;
• Identificar o efeito de sentido das expressões e recurso da linguagem;
•Contextualizar elementos gramaticais;
•Produzir frases e texto com coerência e coesão;
•Utilizar bem a ortografia, pontuação e emprego das palavras;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números e operações:
- Números decimais, Fração e porcentagem;
- Espaço e formas;
- Grandezas e medidas;
- Tabelas e gráficos;
- Ampliar o vocabulário;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);
EJA I:
•Ler com fluência e reconhecer textos de diferentes gêneros;
•Localizar informações no texto e desenvolver a expressão oral;
•Reconhecer o sentido das palavras ou expressões empregadas no texto;
•Produzir textos com pontuação clareza e estrutura relacionada ao gênero;
•Utilizar corretamente a grafia das palavras;
•Quanto aos gêneros associados às discursivas básicas:
- Identificar o objetivo do texto;
- Reconhecer os elementos que compõe uma narrativa;
•Ampliar o vocabulário.
Números e operações:
- Sistema de numeração decimal;
- Parcelas e reagrupamento da adição e subtração;
- Operação inversa;
- Espaço e forma;
- Grandezas e medidas;
- Tabelas e gráficos;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);
6º Ano:
•Ler fluentemente e compreender textos de diferentes gêneros/ categorias (Literário, prático, informativos, extra verbais );
•Analisar literariamente e preencher fichas de leitura com livros paradidáticos com ênfase na reprodução de histórias;
•Produzir textos com ideias claras, coerência e coesão fazendo uso correto da ortografia, utilizando informações complementares em dicionário, enciclopédia, biblioteca e outros;
•Desenvolver o conhecimento através de elementos tecnológicos: rádio, televisão, vídeo, computador e etc.;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números, operações e geometria:
- Sistema decimal de medidas, peso, capacidade, área e volume;
- Tabela e gráficos;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);
7º Ano:
•Ler textos diferenciados (literários, práticos, informativos, de circulação e outros) e compreender informações implícitas e explicitas;
•Inter textualizar e contextualizar informações do cotidiano no texto;
•Produzir textos de gêneros diversos diferenciando a linguagem e estrutura empregada;
•Analisar a produção textual fazendo correções e adequações necessárias;
•Utilizar recursos diversos para melhorar o vocabulário e compreender a função e emprego correto das palavras;
•Realizar pesquisas e compreender o conteúdo da mesma;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números e operações:
- Geometria;
Porcentagem;
- Proporcionalidade, proporção;
- Regra de três simples;
- Circunferência e círculo;
- Grandezas e medidas;
- Tabelas e gráficos;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);
8º Ano:
•Desenvolver a linguagem e expressão oral através de leitura variada;
•Desenvolver a intertextualidade e interdisciplinaridade com conteúdos diversos;
•Realizar pesquisas em fontes diversas para desenvolver o conhecimento;
•Compreender informações no texto, fazer inferências, análise e predição de leitura em textos de gêneros diversos;
•Produzir e analisar textos de circulação;
•Desenvolver a expressão oral de forma compreensiva;
•Utilizar fontes diversas de informações: biblioteca, informática, rádio e etc.;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números e operações:
- Equação do 1º Grau e sistema de equações do 1º Grau;
- Fração;
- Porcentagem;
- Geometria (ângulos e medidas, retas etc.)
- Tabelas e gráficos;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);
9º Ano:
•Ler e desenvolver a compreensão quanto informação do texto verbal e não-verbal;
•Distinguir fato de opinião relativa ao fato;
•Formular hipótese sobre o conteúdo do texto inferindo sentido de frase ou expressão;
•Associar aos diferentes gêneros às sequências discursivas básicas;
•Identificar a semelhança e diferença entre os textos emitindo opinião própria;
•Produzir texto observando coerência e coesão utilizando recursos próprios da linguagem empregando-a corretamente;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números e operações:
- Função polinomial do 2º Grau;
- Geometria (área, polígonos, circunferência e outros);
- Vivenciando as grandezas e medidas;
- Problemas com tabelas e gráficos;
–Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);

EJA IV:
•Ler fluentemente e compreender textos de diferentes gêneros/ categorias (Literário, prático, informativos, extra verbais );
•Analisar literariamente e preencher fichas de leitura com livros paradidáticos com ênfase na reprodução de histórias;
•Produzir textos com ideias claras, coerência e coesão fazendo uso correto da ortografia, utilizando informações complementares em dicionário, enciclopédia, biblioteca e outros;
•Desenvolver o conhecimento através de elementos tecnológicos: rádio, televisão, vídeo, computador e etc.;
•Contextualizar elementos gramaticais.
Números, operações e geometria:
- Sistema decimal de medidas, peso, capacidade, área e volume;
- Tabela e gráficos;
- Operações envolvendo: soma, subtração, multiplicação e divisão;
- Equação do 1º Grau e sistema de equações do 1º Grau;
- Fração;
- Porcentagem;
- Geometria (ângulos e medidas, retas etc.)
- Tabelas e gráficos;
- Situações problemas envolvendo as quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão);



































EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE.







ANEXOS






























EMEIEF. GOV. GOZAGA MOTA
CNPJ. Nº: 01.930.337/0001-60
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE
Relação de material de escrituração Escolar
Documento de Escrituração da Secretaria da Escola
Nº Descrição
01 Currículo: Base Nacional Comum (art. 26 da LDB)
02 Documento eventual: declaração, portaria disciplinar, atestados, contratos ou recibos de prestação de serviços, certificados, diplomas, transferências, etc.
03 Documento transitório: diário de classe, relatórios do rendimento escolar, relatório de frequência escolar do aluno, etc.
04 Documento permanente: histórico escolar, livro de matrícula, pasta individual do aluno, etc.
05 Relatório de frequência dos alunos cadastrados: Bolsa escola, e PETI.
Documentos de Escrituração da coordenação pedagógica
Nº Descrição
01 Relatório de acompanhamento do rendimento da aprendizagem;
02 Ficha de acompanhamento da aprendizagem da Educação Infantil;
03 Relatório Bimestral dos Testes de Leitura 1º ao 9º/ EJA.
04 Relatório dos resultados do rodízio de turmas para desenvolvimento da aprendizagem.
05 Ficha de Registro de visitas dos pais a escola;
06 Controle de Acompanhamento de planejamento e planos diários dos professores.
07 Medidas de melhoria dos indicadores escolares com base no SPAECE e SAEB: aulões, provões, preenchimento de gabaritos, etc.
08 Controle de Empréstimo de livro didático ao aluno.
09 Controle de Empréstimo de livro didático ao aluno.
10 Controle de entrega de material didático ao aluno
11 Controle de ocorrência disciplinar.
12 Ficha de comunicado aos pais para reforço da aprendizagem.
13 Controle de material didático: estêncil, folha de oficio, Xerox.
14 Ficha de suspensão de aluno.
15 Ficha convite aos pais.
16 Ficha de controle de empréstimo de objetos à comunidade.
17 Instrumental de acompanhamento do programa PAIC
EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA
CNPJ. Nº 01.930.337/0001-60
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE
RELAÇÃO DE MATERIAL DE ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
DOCUMENTO DE ESCRITURAÇÃO ESCOLAR
Nº DESCRIÇÃO
01 Projeto Político Pedagógico
02 PTA – Plano de Trabalho Anual
03 PTEC – Plano de Trabalho Escola e Comunidade
04 Plano de Curso da Educação Infantil
05 Plano de Curso do Ensino Fundamental
06 Plano de Curso da Educação de Jovens e Adultos
07 Plano de Curso da Aceleração
08 Regime Escolar
09 Calendário Escolar
10 Dossiê da Instituição de Ensino: documento legal da criação da instituição, CNPJ, cópia do processo encaminhado ao CEC para credenciamento da Instituição, aprovação, autorização, e/ ou reconhecimento de curso, parecer do CEC legalizando a Escola e atos do CEC
11 Livros de protocolo
12 Livro de ocorrência
13 Livro de Ata da Congregação
14 Livro de Tombamento de equipamento e material permanente
15 Coletânea de Legislação
16 Livro de Atas dos resultados Finais
17 Livro de registro de matrícula
18 Livro de Registro de Diplomas e Certificado
19 Livro de Atas do Conselho Escolar e do Grêmio Escolar
20 Livro de Ponto dos Funcionários
21 Livro de ponto dos Professores
22 Relatório Anual de Atividades
23 Censo Escolar
24 Controle de Estoque de Merenda Escolar
25 Controle de Estoque de Material de Limpeza e Utensílios
26 Banco do Livro Didático
27 Cadastro de Professores e Funcionários da Escola
28 Controle de Estoque de Material Didático













































EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA

Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE.

DIRETORIA DO GRÊMIO ESTUDANTIL – ANO: 2011
NOME DO GRÊMIO: _ G. E. M. D. E. Grêmio Estudantil de Mãos dadas pelo Desenvolvimento Escolar
MANDATO: De 06 de setembro de 2010 à 1º de setembro de 2012



CARGO NOME COMPLETO IDADE SÉRIE
PRESIDENTE Ana Karoline Araújo e Silva 12 Anos 8º Ano “A”
VICE-PRESIDENTE Fcº Zuza Gonçalves da Silva 12 Anos 7º Ano “A”
SECRETÁRIA Maria Isabel Angelo Domingos 13 Anos 8º Ano “A”.
TESOUREIRO José Ricardo da Costa Maciel 11 Anos 7º Ano “B”
DIR. ESPORTE José Valdeir Gomes Pinheiro 14 Anos 7º Ano “A”
DIR. CULTURA Taynara Feitosa de Castro 10 Anos 6º Ano “C”
DIR. IMPRENSA Camila Maria Gomes da silva 14 Anos 8º Ano “C”.
DIR. SOCIAL Juliana Carlos Ferreira 10 Anos 6º Ano “C”
DIRETOR DE SAÚDE E MEIO AMBIENTE Maria Edna Bento Delfino 13 Anos 8º Ano “B”
1º SUPLENTE Diana da Silva Pereira 12 Anos 7º Ano “A”
2º SUPLENTE Janecléia Lobo Araújo Feitosa 12 Anos 7º Ano “A”
























EMEIEF. GOV. GONZAGA MOTA
Distrito Dom Leme – Santana do Cariri – CE.

ANO: 2011
DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E MESTRES

CARGO CATEGORIA NOME Nº IDENTIDADE/CPF
PRESIDENTE SECRETÁRIA ESCOLAR ATONIA CÉLIA SIMIÃO BRILHANTE RG.97029164470 /CPF. 729274533-49
TESOUREIRA PROFESSORA ELISIANA PEREIRA FELIZARDO RG. 2267508-92/CPF. 545.574.023-72
VICE-PRESIDENTE PAI JOSÉ ALVES PINHEIRO RG. 32231341-7/ CPF. 945881714-53
SECRETÁRIA PROFESSORA ANA PAULA MARIANO DA SILVA RG. 99099027797/CPF. 884802833-00
PRES.CONS. FISCAL PROFESSORA MARIA DE LOURDES BATISTA RG. 2810929-94
SEC.CONS. FISCAL COORDENADORA PEDAGÓGICA MARIA FEITOSA BRILHANTE RG. 98029002720/ CPF. 172.401.233-91
MEMBRO DO CONS. FISCAL. MÃE ANTONIA ALVES DE ARAÚJO E SILVA RG. 2001034090958/ CPF. 726256273-87
MEMBRO DO CONS. FISCAL. FUNCIONÁRIA MARIA PENHA SOARES RG. 2006034074236/ CPF. 442.796.983-68
1º SUPLENTE PAI BRAZ SOUSA DA SILVA 1671241/88 CPF. 001.487.023-17
2º SUPLENTE PAI CÍCERO OLEGÁRIO DA COSTA 2001034019480/CPF. 970066963-72
3º SUPLENTE MÃE FRANCISCA ANTONIA DA SILVA RG. 2003032014614/ CPF. 016.781.313-77
PRES. CONS. DELIBERATIVO DIRETORA MARIA LUCIENE SOARES RG. 96029502262/CPF. 922.879.563-87
CONSELHEIRA MÃE ANTONIA SILVA DE JESUS RG. 001034019480/ CPF. 970.066.963-72
CONSELHEIRA MÃE MARINALVA ALVES DE FRANÇA RG. 2006032094850/ CPF. 041.726.693-60
CONSELHEIRA PAI RAIMUNDO EDUARDO DAS SILVA RG. 2005034032691/ CPF. 946.064.553-49

CONSELHEIRA MÃE NEUZANIR TOMAZ DE AQUINO RG. 2007311609-7







Ano 2012




ORGANOGRAMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário